Católica: Caloiros de Economia e Gestão participam em praxe solidária no Banco Alimentar

Tradição académica quer combater desperdício alimentar

Duas centenas de alunos das licenciaturas de Economia e Gestão da Católica Lisbon School of Business & Economics, vão estar, esta quarta feira sede do Banco Alimentar (BA), em Lisboa, numa “praxe” solidária de luta contra a fome.

Num momento em a pandemia de Convid-19 fez disparar os pedidos de auxílio ao BA, os futuros economistas e gestores vão estar ocupados na “preparação de comida, rotulagem de alimentos e na remodelação do espaço, ao pintar as paredes da sede”, refere um comunicado da Universidade Católica Portuguesa (UCP)

Esta é a 12ª edição do Dia Solidário da CATÓLICA-LISBON, que “pretende ser uma alternativa à praxe tradicional, ao promover a integração dos novos estudantes e apelando ao espírito solidário, numa parceria com a Bolsa do Voluntariado da ENTRAJUDA”.

Para além dos novos alunos, a iniciativa envolve também vários colaboradores da Universidade Católica que assim aderem a um gesto solidário que marca também a responsabilidade social desta instituição de ensino superior.

“Os alunos vão estar divididos em grupos de 10 e todas as atividades vão decorrer de acordo com as normas de segurança indicadas pela Direção-Geral da Saúde”, acrescenta o comunicado.

A Lisbon School of Business & Economics, da UCP, indica também que a praxe solidário “vai ainda contar com uma vertente competitiva, com recurso a uma app de gestão de voluntariado”.

”Cada grupo de alunos passa por todas as atividades, em forma de circuito, sendo que após completarem as tarefas, serão atribuídos pontos de acordo com o seu desempenho. No final, o grupo mais solidário recebe medalhas de mérito, em reconhecimento do contributo para a causa”, indica o comunicado.

Em anos anteriores, a iniciativa da praxe solidária tem levado os alunos até à Golegã para a apanha de batatas que ficam por recolher nos campos devido ao seu calibre inadequado; na última edição, os caloiros da Católica recolheram cinco toneladas de batatas, que foram posteriormente doadas ao Banco Alimentar.

Criada em 1972, a CATÓLICA-LISBON está classificada como a 32ª melhor Business School da Europa, de acordo com o ranking do Financial Times; em 2019, a Fundação para a Ciência e Tecnologia classificou-a como o melhor centro de investigação na área da Gestão em Portugal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *